Empresas

48 jovens vão ser ‘CEO por um mês’

48 jovens de todo o mundo vão ter a oportunidade de testar as suas competências de liderança e gestão no âmbito da iniciativa ‘CEO por um mês, uma ação do Grupo Adecco que coloca vários jovens a trabalhar lado a lado com os diretores gerais do grupo nos seus países de origem.

Na edição deste ano foram selecionados 25 homens e 23 mulheres, que terão agora a oportunidade de perceber quais os seus pontos fortes e aspirações e aumentar a sua perspetiva de empregabilidade.

Os candidatos vêm dos mais variados países como Brasil, China, Norte da Europa e Turquia e, em Portugal, foi selecionado o jovem Bernardo Marçal, licenciado em Gestão Industrial e Logística, que terá a oportunidade de passar um mês com Carla Rebelo, Diretora Geral da Adecco Portugal.

“Sendo a sombra dos Diretores Gerais do Grupo Adecco nos seus países, os aprendizes de CEO juntam-se a operações internas, bem como reuniões com clientes, instituições nacionais e internacionais. Aprendem sobre a indústria de soluções aplicadas à força de trabalho e lidam com temas tão abrangentes como a gestão do capital humano ao desenvolvimento do talento e liderança, tendo ainda acesso a uma estratégia corporativa e à definição de ações concertadas para enfrentar os atuais desafios do mercado de trabalho”, explica o Grupo Adecco.

Os participantes de cada país terão também a oportunidade de serem selecionados para o programa ‘CEO por um mês Global’, tendo a possibilidade de trabalhar lado a lado com Alain Dehaze, o CEO Global do Grupo Adecco.

Alain Dehaze, CEO do Grupo Adecco, explica que “tenho três conselhos para os jovens deste ano: serem autênticos; ouvirem e aprenderem com todos os que conhecerem – todos os grandes líderes sabem muito bem ouvir; e finalmente, viver verdadeiramente o nosso propósito e valores. Tenho a certeza que o desempenho e o sucesso irão vir através da aprendizagem e experiência”.