Contact Centers

Dificuldades de recrutamento são entrave ao crescimento dos contact centers

Dificuldades de recrutamento são entrave ao crescimento dos contact centers

“A dificuldade de recrutamento é, neste momento, o principal obstáculo à manutenção da trajetória de crescimento dos Contact Centers em Portugal”. Quem o diz é Jorge Pires, Assessor da Direção da Associação Portuguesa de Contact Centers (APCC), que no evento promovido pela organização esta segunda-feira defendeu a importância de analisar estas temáticas.

Margarida Sousa Uva, Senior Manager de Human Capital da Deloitte, que também marcou presença na iniciativa, explicou que atualmente “estamos a viver uma guerra pelo talento” nos mais diversos setores de atividade. Por isso, na sua opinião, é fundamental que as organizações se tornem “irresistíveis”, nomeadamente através da implementação de cinco fatores de atratividade: o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional; as oportunidades de progressão na carreira; o pacote salarial; a flexibilidade laboral; e a perceção do significado do trabalho.

Marcaram ainda presença neste evento Manuel Alçada (Happy Work), Rui Santos (Inpar) e Jorge Pires (APCC).

A Associação Portuguesa de Contact Centers é uma associação constituída por 75 empresas, que representam 12 setores da economia.