Contact Centers

A importância de uma IA adaptável para a experiência do consumidor

A importância de uma IA adaptável para a experiência do consumidor

Uma inteligência artificial (IA) que se adapta pode ser utilizada continuadamente para melhorar a experiência do consumidor através de cada interação entre o consumidor e a marca. Desta maneira, de acordo com o portal Cmswire, os chatbots baseados em IA vão conseguir melhorar as suas competências conversacionais e as recomendações vai ressoar mais com os consumidores.

Este tipo de inteligência artificial consiste numa única pipeline que monitoriza e aprende novas mudanças feitas através dos valores de input e output e das suas caraterísticas associadas. Adicionalmente, esta IA aprende a partir de eventos que podem modificar o comportamento dos consumidores e negócios em tempo real e é capaz de manter consistentemente a sua precisão.

“A IA adaptável incorpora o feedback que recebeu do ambiente operacional e depois usa-o para criar previsões informadas a partir de dados. Isto permite soluções super-rápidas para a verificação de ideias e simples implementação de funcionalidades na produção”, assinala o artigo.

Os três princípios da IA adaptável são a robustez, eficiência e agilidade. Sinergicamente, estes três elementos fundamentais da IA adaptável compreendem as métricas-chave para ações extremamente eficientes e informadas pela IA para muitos cenários.

“Por exemplo, um chatbot que usa IA adaptável pode melhorar a precisão das suas respostas e aprender a dar respostas mais personalizadas com base nas necessidades de cada cliente (em vez de respostas genéricas e pré-formuladas)”, explica o vice-presidente de produto da empresa Reputation, Adam Dorfman.

Por sua vez, o fundador da Spread Great Ideas, um fundo de marketing digital, Brian David Crane, considera que a IA adaptável é a próxima grande inovação na automação e IA, à medida que os programas e máquinas se tornam mecanismos autossustentáveis que aprendem e se adaptam continuamente ao comportamento humano.