Contact Centers

Segurança dos dados: Como mantê-la em contact centers remotos?

Com a implementação do trabalho remoto nos contact centers surge uma necessidade de aumentar a segurança dos dados. Descubra como!

Há uns anos quando se pensava em contact centers a imagem que surgia era de um escritório com vários operadores sentados lado-a-lado a responder aos clientes. Com a pandemia, essa tendência alterou-se e cada vez mais se espera que o futuro da indústria seja remoto. Com a implementação do trabalho remoto surge uma necessidade de aumentar a segurança dos dados. O portal Tech Wire Asia explica, num artigo, como manter seguros os contact centers remotos.

Com base num relatório do Smart Customer Service, citado pelo portal, do ponto de vista tecnológico as táticas passam por:

  • Virtual Desktop Infrastructure (VDI) – a partir de um servidor centralizado, o operador pode aceder de forma segura a computadores virtuais;
  • Virtual private networks (VPNs) – possibilita a encriptação dos dados que são enviados online, tornando-os difíceis de ler;
  • Armazenar dados na nuvem em vez de localmente
  • Utilizar conexões de internet por ligação direta em vez de Wi-Fi (diminuindo o risco de sequestro da ligação e o trabalho em lugares que possuem conexões de internet pouco seguras)
  • Restringir acesso à rede para as horas de operação
  • Utilização de autenticação por dois fatores

Um estudo recente da IBM sugeriu que o custo médio de uma fuga de dados é de 3,92 milhões de dólares, cerca de 3,30 milhões de euros, sendo o que o número está em crescimento. Tal demonstra a importância de arranjar maneiras para manter a segurança dos dados.