Recursos Humanos

3 dicas para garantir o bem-estar da sua força de trabalho remota

3 dicas para garantir o bem-estar da sua força de trabalho remota

O trabalho remoto é o novo normal, estimando-se que cerca de um terço da força de trabalho em todo o mundo trabalhe a partir de casa pelo menos uma vez por semana. E apesar de serem reconhecidos os benefícios do trabalho remoto tanto para os colaboradores como para as organizações, é importante garantir o bem-estar de toda a equipa, independentemente do local onde o trabalho é feito.

A publicação HR Zone publicou recentemente um conjunto de dicas para ajudar as organizações a garantir o bem-estar das suas equipas remotas. Conheça-as.

Encoraje o movimento

Não fomos ‘desenhados’ para estar sentados por longos períodos de tempo. Num escritório existe maior probabilidade dos seus colaboradores se levantarem, seja para ir para uma reunião ou para falar com um colega.

Um trabalhador remoto passa, frequentemente, muito mais tempo na mesma posição. É, por isso, essencial que pense em formas de encorajar as pausas junto destas equipas. Uma boa solução podem ser as apps que enviam notificações quando chega a hora de fazer uma pausa.

Comunique

A saúde física é apenas uma parte. É importante que pense também na saúde mental destes colaboradores. E apesar de a maioria dos colaboradores reconhecer os benefícios de trabalhar de forma remota, há também aspetos menos bons que devem ser considerados. Os humanos são seres sociais e todos os colaboradores precisam de se sentir parte de uma equipa.

Marque reuniões presenciais regulares ou utilize ferramentas de comunicação como o Slack para tornar a colaboração mais fácil.

Estabeleça limites

Para a maioria dos trabalhadores, o momento em que saímos do escritório ao final do dia significa também o fim do dia de trabalho. Para um trabalhador remoto pode ser mais difícil ‘desligar’. De acordo com o HR Zone, 82% da força de trabalho remota acede aos emails fora do horário de trabalho numa base semanal.

Estabeleça limites para as comunicações fora das horas de trabalho tanto para estes colaboradores como para as suas chefias. Já existem ferramentas tecnológicas que permitem, por exemplo, bloquear o envio de emails fora do horário de trabalho.